Você sabe o que é gerenciamento de risco? Saiba como colocar em prática

Todos os processos dentro de uma empresa incorrem em algum risco. Quanto mais inovador, mais risco um processo terá. Assim, o gerenciamento de risco dentro das organizações deve fazer parte de sua estratégia, auxiliando principalmente nas tomadas de decisões para a inovação e outros processos mais corriqueiros.

Neste artigo, você saber o que é e como realizar um gerenciamento de risco eficiente.

O que é gerenciamento de risco

O gerenciamento de risco é a adoção de práticas, políticas e metodologias que permitam uma melhor gestão dos limites de riscos aceitáveis. Já a definição de risco trata da incerteza sobre a ocorrência ou não de uma perda ou prejuízo. Essas incertezas podem representar riscos ou oportunidades, tendo potencial para destruir ou agregar valor. Dessa forma, o gerenciamento de risco possibilita o tratamento dessas incertezas com eficácia, assim como os riscos e as oportunidades relacionados a elas.

Com o gerenciamento de risco eficaz, uma empresa consegue ficar mais apta a vislumbrar oportunidades para inovar. De acordo com a norma internacional para Gerenciamento de Risco, a ISO 31000, uma gestão eficaz precisa:

  • Criar e proteger valor
  • Fazer parte de todos os processos organizacionais
  • Estar presente na tomada de decisões
  • Abordar as incertezas
  • Ser sistemática e estruturada
  • Basear-se em informações seguras
  • Ser customizada
  • Considerar fatores humanos
  • Ser transparente e inclusiva
  • Ser dinâmica e interativa
  • Facilitar a melhoria contínua

Objetivos do gerenciamento de risco

Alinhamento com a estratégia adotada

A partir da estratégia da organização, os administradores definem os objetivos da empresa e desenvolvem mecanismos para gerenciar riscos relacionados.

Fortalecimento da tomada de decisões

Com o gerenciamento de risco, as respostas a eles e a qualquer outro evento na empresa se tornam mais ágeis e efetivas.

Redução de prejuízos

Mesmo antes de acontecer algo prejudicial à empresa, as lideranças já conseguem antecipar um possível prejuízo e corrigir ações para que ele não aconteça.

Aproveitamento de oportunidades

Empresas que sabem gerenciar seus riscos conseguem identificar melhor as oportunidades e aproveitá-las.

Etapas para o gerenciamento de risco

Planejamento

É preciso planejar como esse processo será realizado, partindo da metodologia a ser utilizada até as ferramentas disponíveis e a execução propriamente dita.

Identificação

Nessa etapa, identifica-se os riscos e compreende-se suas características principais. Para isso, é preciso avaliar todos os aspectos da empresa que envolvam incertezas.

Análise qualitativa

É necessário compreender a importância do risco, avaliando quais são os efeitos de cada um deles para a empresa, priorizando os que merecem maior atenção.

Análise quantitativa

Pela análise quantitativa, faz-se uma análise dos dados existentes para investigar a probabilidade de riscos e estimar impactos na empresa.

Planejamento de respostas

Nessa fase, são construídas as estratégias de respostas para os riscos e os planos de ações para cada um deles. 

Monitoramento

Com o auxílio de sistemas adequados, monitora-se o comportamento dos riscos e adequa-se o nível de exposição a eles.

Desafios do gerenciamento de risco

Cada empresa de cada segmento possui desafios únicos de gerenciamento de risco. E esse processo precisa acontecer de cima para baixo, sendo necessário que a alta gestão confie na sua relevância, faça acontecer, tenha responsabilidade e replique a cultura por toda a organização. A motivação de todos para que as atividades e estratégias de gerenciamento de risco sejam implementadas é primordial.

É de extrema importância ainda conhecer processos judiciais envolvidos no segmento de atuação da sua empresa, pois o descumprimento desses processos são de grande risco às empresas, gerando multas, atrasos em projetos e até impossibilitando a venda de produtos.

No entanto, seguindo o passo a passo para elaborar um programa de gerenciamento de riscos, a empresa fica segura para realizar seus processos com tranquilidade e ainda inovar, ficando à frente de seus concorrentes.

Quer saber mais sobre esse e outros assuntos relacionados à gestão e qualidade? Acesse o blog da Visto Sistemas!

 

Outros posts que você também pode gostar...