Facilite seu trabalho remoto gerenciando documentos em um sistema em nuvem!

O trabalho remoto já vem crescendo há muitos anos, concomitantemente com tecnologias de suporte a essa maneira de se atuar profissionalmente. E  na situação atual, com a pandemia do coronavírus, as empresas se depararam com a necessidade de trabalhar com seus profissionais em home office. Assim, empresas que já atuam com sistemas em nuvem são beneficiadas, já que eles podem ser acessados de qualquer dispositivo logado ao sistema. 

Os sistemas em nuvem, ou cloud, possuem inúmeros benefícios e são muitas vezes mais vantajosos que os sistemas locais, e você vai saber por que neste artigo. Confira!

Diferença entre trabalho remoto e trabalho em home office

Antes de mais nada, vamos pontuar a diferença entre trabalho remoto e trabalho em home office. Ambos são trabalhos realizados a distância, sendo o home office feito a partir de casa e o trabalho remoto feito de qualquer localidade, desde casa até dentro de um carro, durante uma viagem, em outro país, em uma cafeteria, etc. Para fins de equipamentos e sistemas, ambos têm as mesmas demandas: dispositivos móveis e acesso à internet. Portanto, neste artigo, o trabalho remoto é sinônimo de trabalho em home office.

Dito isso, voltamos a tratar do sistema em nuvem.

Benefícios do sistema em nuvem no trabalho remoto 

Para tratar de um sistema cloud, vamos tomar como exemplo o Vigix, um sistema em nuvem de gestão da qualidade, desenvolvido pela Visto Sistemas, permitindo que as pessoas atuem nele em qualquer lugar, a qualquer momento. Seus principais atrativos com relação a um sistema local são:

1. Acessibilidade

O sistema local é acessível somente em determinado lugar, ou seja, é preciso estar fisicamente onde o sistema está implantado. No cloud computing, o acesso é realizado por qualquer dispositivo, onde quer que os colaboradores estejam, bastando para isso apenas o acesso à internet.

2. Segurança 

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, sistemas em nuvem são altamente confiáveis, seguros e em conformidade com as normas necessárias para o trabalho remoto. Esses sistemas possuem políticas e tecnologias avançadas de proteção de dados para a segurança de todos. Além disso, para cada tipo de acesso, há um protocolo diferente, e cada usuário tem acesso a determinados dados.

3. Escalabilidade

Quando uma empresa precisa aumentar o fluxo de dados em um sistema local, é preciso realizar toda uma mudança na sua infraestrutura, o que demanda tempo e dinheiro, além de trazer uma queda na produtividade. Já um sistema cloud possui uma escalabilidade flexível, podendo aumentar ou diminuir a quantidade de usuários e de armazenamento de dados a qualquer momento, de maneira simplificada.

4. Menor custo

O investimento em espaço físico e hardwares é basicamente excluído quando se opta pela implantação de um sistema em nuvem. Com a possibilidade de trabalho remoto, quanto menos espaço físico a empresa precisar, melhor, já que seus colaboradores não necessitarão de um local para atuar. Além disso, a empresa paga apenas pelo que usa em termos de servidores.

5. Aumento da competitividade

Com os sistemas em nuvem, a equipe de TI pode focar em atividades mais estratégicas para a empresa, em vez de focar em situações do cotidiano, como a manutenção do sistema. Todo o armazenamento, manutenção e assistência será feita pelo provedor do software.

Sistemas em nuvem, colaboração e autonomia

Reservamos um tópico especial para a colaboração proporcionada por um sistema em nuvem porque acreditamos que esse é um quesito extremamente importante no trabalho remoto. 

Pode-se pensar erroneamente que o trabalho remoto distancia os colaboradores da empresa e acaba gerando uma falta de comunicação, o que certamente atrapalharia as operações das organizações.

No entanto, acontece exatamente o contrário: com um sistema em nuvem, os colaboradores estão em contato o tempo todo, via chat, videochamadas e demais ferramentas, além de poderem compartilhar documentos e colaborar em tempo real.

Isso significa que uma equipe pode estar trabalhando conjuntamente em um mesmo projeto de forma escrita, oral e visual, o que muitas vezes não acontece quando os colaboradores estão em um mesmo local físico.

Esse é inclusive o ponto alto do sistema em nuvem: a gestão de documentos de forma colaborativa, gerando um aumento da produtividade. 

Além disso, o trabalho remoto torna os colaboradores mais autônomos e, assim, mais responsáveis e engajados às suas metas e objetivos.

Sua empresa está conseguindo realizar a gestão da qualidade via trabalho remoto? Quer uma solução para isso? Solicite-nos uma demonstração do Vigix!

Outros posts que você também pode gostar...