ERP em Saúde: como integrar gestão financeira, suprimentos e fiscal em um único sistema

Você entende a importância do uso de um ERP em Saúde no seu dia a dia? Com ele, é possível não apenas organizar, mas também agilizar processos rotineiros, de modo que se torna realidade a padronização de determinadas tarefas e o controle de não conformidades.

É muito mais do que um sistema para registrar as atividades do seu negócio, é a forma mais inteligente de otimizar tempo e recursos, mantendo a qualidade acima de tudo!

Neste post, vamos falar mais sobre o que é ERP em Saúde, qual a sua importância e em que áreas do processo atua. Leia em detalhes, a seguir!

Do que se trata um ERP em Saúde, afinal?

O termo ERP (ou Enterprise Resource Planning) pode ser traduzido para o português como Planejamento de Recursos da Empresa. Um software ERP é aquele que acompanha todos os processos de um negócio, eleva a qualidade e reduz o tempo necessário para que sejam desenvolvidas certas atividades, controla quaisquer áreas envolvidas realizando avaliações periódicas e oferece dados para uma administração efetiva dos recursos disponíveis.

Para que o gerente possa avaliar todos os fatores críticos de sucesso da empresa com um número considerável de informações, o sistema monitora as tarefas cotidianas e, assim, converte resultados em conhecimento. Isso permite a hospitais e/ou clínicas especializadas tornar mais efetiva e dinâmica suas decisões de compra, por exemplo.

O ERP de Saúde, de modo geral, é classificado com base em 3 fases:

  • Aplicação: funcionalidades que ajudam no processo;
  • Banco de dados: registro e segurança das informações geradas na fase anterior;
  • Framework: chance de atualizações ou mudanças no programa.

Por tal motivo, este tipo de sistema é mais potente e eficaz. Uma vez que ele, de fato, se mescla às atividades do negócio, de olho na evolução harmoniosa entre todas as áreas.

Um ERP em Saúde é desenvolvido e adaptado à realidade de cada cliente. Sendo assim, pode ser personalizado de acordo com as necessidades e interesses dos usuários que têm acesso ao sistema. A partir disso, é possível garantir que o programa esteja alinhado com a organização que os hospitais e/ou as clínicas especializadas implementam.

Dessa maneira, o software consegue antever riscos, emitindo alertas importantes e em tempo de serem solucionados. Um exemplo é quando há lacunas que faltam preenchimento e datas que estão chegando ao prazo final.

Qual sua importância para um negócio de saúde?

A importância de um ERP em Saúde gira em torno do fato de que, com ele, as pessoas têm acesso às informações integradas de vários processos da sua empresa. Isso implica em uma visão do panorama geral do negócio, sendo que ainda há a possibilidade de focar nas atividades de maior interesse para avaliação caso a caso.

Com essa alternativa de enxergar os processos como um todo, no cenário dos hospitais e/ou das clínicas especializadas, torna-se mais fácil estabelecer objetivos que devem ser alcançados em curto, médio e longo prazo. Isso porque o software pode mostrar informações entre um determinado espaço de tempo e, desse modo, é possível otimizar os aspectos que não estão atingindo as performances desejadas.

Assim, criam-se oportunidades para que os negócios em saúde atuem de maneira integrada e simples, elevando seus resultados naturalmente em todos os sentidos.

Por isso, o mais recomendado no momento é evitar atitudes impulsivas ou que sejam mal concebidas de maneira desnecessária. Afinal, um ERP de Saúde pode otimizar processos e agir em fatores críticos de sucesso do negócio – ou ainda sob uma ótica geral, levando os hospitais e/ou clínicas especializadas rumo ao topo.

Em que áreas um ERP em Saúde atua?

O ERP em Saúde atua em áreas do processo como Financeiro, Comercial, Suprimentos e Fiscal, de forma que apresenta uma integração necessária para o sucesso da sua empresa. Isso deve ocorrer desde o nascimento da proposta comercial, passando pela venda do produto e o estoque, até chegar na nota fiscal. Tudo num mesmo banco de dados, gerido por um único sistema e minimizando os riscos de perda de informações. Afinal, quando há menos erros, há também menos retrabalho.

Conheça o ERP em Saúde da Visto Sistemas

Negócios que atuam na área da Saúde devem assegurar a gestão com qualidade dos seus processos. Sendo assim, o ERP para distribuidores, fabricantes e importadores de materiais médicos hospitalares é um sistema de gestão empresarial para a integração de processos em toda a cadeia de fornecimento da área da Saúde.

O software é capaz de assegurar aos seus clientes a eficácia dos processos operacionais específicos do setor. Seja você uma empresa de OPMEs, correlatos, cosméticos, saneantes e/ou qualquer outro tipo de produto.

Este é o único ERP em Saúde que garante não só a evolução contábil/fiscal, mas também a segurança sanitária, obedecendo às normas exigidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para sua empresa.

Alguns dos benefícios que podemos destacar com relação a essa modalidade são:

Equipe especializada

Profissionais com sólidos conhecimentos nos processos operacionais do setor. Que falam a mesma língua dos usuários e tornam o trabalho mais fácil e eficaz.

Workflow

Personalização e controle dos processos através do workflow em todos os processos do sistema, facilitando a experiência do usuário no dia a dia para um melhor desempenho de suas funções.

Segurança sanitária

Garantia de todas as alterações necessárias no sistema para que a sua empresa tenha tranquilidade ao atender a legislações impostas pela ANVISA.

Assista ao vídeo a seguir e entenda, de maneira didática, as funcionalidades deste ERP em Saúde:

Agendamento de cirurgias

  • Gestão de agendamentos, orçamentos e controle de cirurgia;
  • Controle de remessa, retorno e inspeção de material de cirurgias eletivas;
  • Consumo cirúrgico com controle de pendências;
  • Gestão total de caixas/kits (montagem, reposição e abastecimento).

Material consignado

  • Controle de estoque consignado em hospitais;
  • Consumo cirúrgico de cirurgias com material consignado;
  • Reposição de materiais;
  • Inventário online e off-line de materiais consignados.

Rastreabilidade e armazenamento

  • Total rastreabilidade de pacientes através de etiquetas com código de barras e RFID;
  • Processos que atendem às normas da ANVISA;
  • Controle de não conformidades;
  • Gestão de validade de produtos e registros;
  • Inventário por endereçamento;
  • Relatório gerencial de rastreabilidade (entradas/saídas/reservas).

Versionamento da ficha técnica

  • Controle de alterações de componentes, atividades e recursos;
  • Rastreamento;
  • Controle de histórico;
  • Marcação e resgate de versões históricas.

Dashboard gerencial de Produção

  • Painel de informações gerenciais de processos de Produção;
  • Visualização das etapas produtivas com indicadores de produtividade e eficiência;
  • BI (Business Intelligence).

Planejamento de Produção (mão de obra)

  • Adição da mão-de-obra como variável de impacto direto na programação;
  • Gestão de disponibilidade de mão de obra;
  • Habilidades e operações.

Manutenção de equipamentos e instrumentais

  • Gestão de ordens de serviços para fornecedores;
  • Controle de remessas e retornos;
  • Controle de kits e materiais em manutenção.

Controle de ativos imobilizados

  • Gestão dos bens da empresa;
  • Identificação unitária e baixa de ativos;
  • Controle de depreciação/CIAP.

Faturamento/Financeiro/Contabilidade

  • Total integração com processos de faturamento, financeiro e contabilidade;
  • Regras de comissionamento de vendas por representantes e supervisores.

Processo de embalagem

  • Criação de kits de produtos;
  • Central de etiquetagem.

Gestão da manutenção de máquinas

  • Manutenção preventiva e corretiva de máquinas e equipamentos;
  • Incidência no planejamento de produção.

Gestão de materiais nas atividades

  • Requisições e reservas dentro das atividades.

Projeto de Desenvolvimento de Produto

  • Gestão de etapas e tarefas;
  • Prototipagem;
  • Criação de novos produtos;
  • Gerenciamento de arquivos de projeto.

Deseja conhecer ainda melhor o nosso ERP em Saúde? Entre em contato e solicite já seu orçamento.

Outros posts que você também pode gostar...